A primeira hidromelaria no norte do Texas está pronta para quebrar o seu hábito cervejeiro.

A primeira hidromelaria no norte do Texas está pronta para quebrar o seu hábito cervejeiro.

A primeira hidromelaria no norte do Texas está pronta para quebrar seu hábito cervejeiro. Embora os tempos certamente estejam mudando, ao discutir o assunto em torno dessas partes, devemos primeiro dispensar as formalidades clichês: No norte do Texas, o hidromel (aka, vinho de mel) tem sido mais ou menos algo que um amigo insistiu para que você provasse porque, “Honestamente, não é tão diferente da cerveja, eu prometo!”


E não olhe agora, mas esse seu inusitado amigo está ganhando mais aliados a cada minuto, graças ao crescente número de lojas em todo o país e especialmente aqui no Texas. Breaking Brew Meadery, que fica ao lado da Belt Line Road, onde os fazendeiros Branch e Addison se encontram, é a primeira hidromelaria da região, mas a julgar pelo quão agradável foi a nossa visita, é provável que tenha concorrência em breve.

Modernidade e acolhimento

Situado em um típico centro de strip suburbanos, o Breaking Brew está aberto quase um ano. O interior é um espaço moderno e confortável preparado para quebrar preconceitos sobre o que muitos supõem ser o ambiente habitual de beber hidromel. Atualmente oferecendo nove hidromeis on tap, nosso simpático bartender, que por acaso era Gary Gordon, o co-proprietário, disse que pretende introduzir novos sabores a cada três ou quatro semanas. Gordon diz que eles compram o mel, que é fermentado no local, da Walker Honey Farms em Rogers, Texas, apenas algumas horas ao sul.

A primeira hidromelaria no norte do Texas está pronta para quebrar seu hábito cervejeiro. Foto 1


Depois de amostrar cada uma das ofertas de Breaking Brew, que Gordon chamou de “session meads” devido a porcentagens de ABV mais baixas do que os tradicionais hidromeis, a variedade surpreendente de perfis de sabor e níveis de doçura.

Equilíbrio de sabores

Ao contrário das sidras, onde você frequentemente detecta maçãs, ou vinho, onde as uvas são o elemento dominante, a base de mel nesses hidromeis parecia ser mais um canal para algo único, em vez da estrela dominadora do show.


É por isso que escolhas como o Bee Sting (6,1% ABV), com seu pesado e fresco nariz de jalapeño e um ligeiro chute de lima na língua, exigiram alguns goles propositais para compreender completamente. Graças à variedade de sabores inesperados e à carbonatação do sistema de tiragem, a diferença entre esses hidromeis é mínima para o bebedor novato.


E da mesma forma, o Breaking Brew opera sob uma licença de vinícola, e não qualquer tipo de licença cervejaria ou brewpub. Essa distinção legal significa que, sim, você pode comprar qualquer um dos seus hidromeis atuais para consumir externamente, em um growler ou latas que eles preparam na sua frente.

Por onde a Mágica começa

Todo o hidromel começa com a fermentação do mel. O sabor específico de um hidromel depende de quais ingredientes são adicionados posteriormente no processo de fabricação de hidromel. Para Breaking Brew, seu hidromel básico, aquele de onde todos os outros são construídos, é The Magician. Com o mel do Texas Wildflower como componente chave, The Magician chega a 7,8% ABV e é agradavelmente limpo e fresco, com um acabamento seco que trai a dica de baunilha detectada no início do gole.

A primeira hidromelaria no norte do Texas está pronta para quebrar seu hábito cervejeiro. Foto 2


O efervescente Ginger Bear (5,9% ABV) cheirava a verão graças ao seu aroma viciante de gengibre e ao gosto tão especial. Se você está procurando uma maneira de melhorar sua receita de coquetel Dark e Stormy, esse seria um substituto ideal para a lata de cerveja de gengibre que está na parte de trás da sua geladeira desde o verão passado.

Frutas também são opção

As opções com frutas eram tão impressionantes quanto os hidromeis de mais claros disponíveis. Feito com quatro tipos de cereja e amoras, o Cherry Noir com 7% ABV era azedo sem induzir a franzir, e o Ruby Solstice com 6,1% ABV apresentava estragão para ajudar a aliviar o azedo do cranberry. O Cherry Bear, o mais escuro de todos eles, tinha um ABV de apenas 5,9%, mas embalou o maior sabor do lote. Uma suculenta explosão de cereja, apoiada com uma dose equilibrada de doçura natural, e o sabor rústico e tanino de vinho trabalhavam em harmonia maravilhosa.

Ao longo de algumas horas numa tarde de sábado, vários casais e grupos entraram e saíram. Alguns bebedores eram novatos, e alguns pareciam saber exatamente em que estavam se metendo. Independentemente do nível de experiência, todos gostaram do que bebericavam. Os amantes de cerveja locais tomam nota: o Breaking Brew Meadery é altamente digno de um lugar na rota de visitas de qualquer amante da cerveja.


Autor: Kelly Dearmore

Tradução: Alexandre A. Peligrini

Fonte: https://www.dallasobserver.com/restaurants/breaking-brew-meadery-dfws-first-mead-operation-is-making-stellar-texas-wildflower-honey-mead-11652495

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *