Empresa Indiana avança com novos rótulos de vinhos de frutas e investimentos

Empresa Indiana avança com novos rótulos de vinhos de frutas e investimentos

Empresa Indiana avança com novos rótulos de vinhos de frutas e investimentos: A indústria de vinho indiana pode estar em um atoleiro financeiro devido à Covid, mas a produtora de vinhos de frutas Hill Zill Winery de Maharashtra, com sede em Bordi, espera um aumento astronômico nas vendas este ano com uma reformulação de seus planos de produção, vendas e marketing pelo novo investidor e o diretor, Deepak Bhatnagar (DB), que planeja uma pegada nacional com vinhos de carambola, abacaxi, manga, morango, laranja e hidromel, escreve Subhash Arora que visitou a vinícola do resort no ano passado e sente que há um grande potencial para seus vinhos de fruta com baixo teor alcoólico e enoturismo.

Inovação e Experimentação

Durante minha infância, costumávamos adorar comer chaat feito de carambola. Só de pensar em chat-masala borrifado me faz salivar até hoje. Mas não se poderia imaginar que um dia haveria vinho dessa fruta. A vinícola Hill Zill em Bordi aproveitou esta fruta que cresce organicamente na natureza em Maharashtra e recentemente adicionou vinho de carambola à sua lista existente de vinhos de abacaxi, manga, morango, chikoo e laranja (a ser lançado no próximo ano) e uma variedade de hidromeis.

Quando visitei o Hill Zill Winery Resort em novembro passado, a vinícola fundada em 2016 pelo marido e mulher de Priyanka Save e Nagesh Pai, já vinha fazendo vinho com outra das minhas frutas favoritas – Chikoo (Sapota). Eles são pioneiros e talvez os primeiros no mundo a fazê-lo – depois de muita experimentação e com a ajuda do conhecido consultor de vinicultores canadenses Dominic Rivard.

Foco em Produtos Naturais

Hill Zill Winery afirma ser a única vinícola no negócio, produzindo vinhos Fruzzante 100% à base de frutas, veganos e sem glúten, atendendo a diversos gostos – todos com baixo teor de álcool de 6%. Eles fazem um excelente hidromel rotulado como ARKA que tem 10% de álcool e estão prontos para lançar a variante Rosé. Os planos são para introduzir o vinho de sobremesa Jamun – mistura da fruta local antioxidante com mel colhido pelas tribos locais. Esta será outra novidade em sua lista de conquistas. Na verdade, a vinícola precisa ser elogiada por dar oportunidades de emprego a várias tribos locais, um conceito verdadeiramente ‘Make in India’.

Entrada de DB em Sula

No início deste ano, Hill Zill conseguiu convencer Deepak Bhatnagar, carinhosamente conhecido como DB em Sula, onde atualmente trabalha como Diretor de Vendas e Marketing. DB conhece há muitos anos o pai de Priyanka, Shrikant Save, que construiu um resort em 1991, onde a vinícola também está localizada. Shrikant convenceu o DB a se tornar um investidor e diretor após sua aposentadoria na Sula, para ajudar a levar o negócio a outro nível.

Além do investimento, DB traz décadas de experiência em gestão – especialmente Vendas e Gestão na Sula, que ajudou a fazer uma marca de vinho líder na Índia depois de ingressar em 2002. Embora ainda seja um Consultor, ele se dedicou a renovar o marketing e as vendas e também tem planos de expansão da produção para apoiar as vendas com a introdução de novos rótulos.

Expansão

DB já expandiu a rede de distribuição em Maharashtra para 22 distribuidores. As vendas estão previstas também em Goa, Pondicherry, Punjab, Telangana e Karnataka, com 20 cidades vendendo seus vinhos. A vinícola afirma já ter 50% de participação no negócio de vinhos de frutas em Maharashtra. Na verdade, as vendas este ano em Thane, Pune, Aurangabad, Nashik, Nagpur e Kolhapur além de Mumbai já ultrapassaram as vendas do ano passado, apesar da Covid e uma nova meta de 10.000 caixas (indicando um crescimento de 800%!) Agora está planejada para esse ano fiscal.

A apenas 150 kms de Mumbai, o lindo resort-vinícola possui várias características, incluindo uma piscina e um parque com jogos e esportes para crianças e uma praia nas proximidades.

Enoturismo e Oportunidades

Uma grande sala de conferências com instalações que incluem um restaurante que oferece uma excelente cozinha regional, um resort completo a preços razoáveis e várias áreas interessantes para visitar em redor da adega, tornando-a ideal para promover o enoturismo e as vendas à porta da adega.

Os vinhos são feitos exclusivamente de frutas adquiridas dos agricultores do cinturão Konkan de Maharashtra e com um baixo teor de álcool de 6%. A vinícola afirma ser a única marca a produzir bebidas alcoólicas sem glúten e veganas, sem adicionar sabores ou cores, e adotou o conceito Farm to Bottle. Todos os rótulos passam por carbonatação, tornando-se uma bebida alcoólica espumante com baixo teor alcoólico. Isso inclui o chikoo, que é uma fruta nativa de Dahanu, onde a vinícola está localizada, e que também possui uma Indicação Geográfica (IG) registrada.

Valores

Os frascos de 330 mL têm preços razoáveis entre Rs. 170 – 200 uma garrafa. A gama ARKA de hidromel em Rs. 1050 pode parecer caro para 375 mL, mas vale cada gota. O preço é devido ao alto custo de aquisição de mel puro e a produção é muito baixa; o processo de vinificação também é complexo. Ele se compara aos melhores vinhos de sobremesa vendidos no exterior por 2 a 6 vezes o preço.

Fico perplexo porque a Hill Zill Winery classificaria os vinhos de frutas Fruzzante como Bebida Alcoólica Espumante. Mas Priyanka Save tem uma explicação: “o entendimento básico do vinho é que ele é feito de uvas com um mínimo de 11% de álcool e a sidra é feita de maçãs com 6 a 8% de álcool. Portanto, deixamos em aberto para o consumidor, pois alguns optam por chamá-lo de sidra, enquanto outros os preferem como vinhos de frutas.

Time que Ganha

Isso parece ter funcionado bem para nós, pois fomos capazes de atingir um público maior.”

Com Hard Seltzers (águas carbonatadas e saborizadas) sendo a moda atual no oeste – especialmente nos EUA, onde os Millennials e a Geração Z adotaram essa bebida com 5% de álcool, sua presença deve ser sentida em breve no mercado indiano. Vinhos de frutas elaborados com a pureza e o sabor de 100% frutas e 6% de álcool da FRUZZANTE, oferecendo uma gama cada vez mais diversificada, certamente uma crescente porcentagem de novos e jovens consumidores experimentadores – e com vários benefícios para a saúde e preços competitivos.

Autor: Subhash Arora

Tradutor: Alexandre A. Peligrini

Fonte: https://www.indianwineacademy.com/item_3_862.aspx?fbclid=IwAR0vNTF0yowVD7LOyFbUEW2KblkhAgN5sPYS53EAZbdehQURPEG0fnysRH8

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *