Uma abordagem moderna para o hidromel

Uma abordagem moderna para o hidromel

Uma abordagem moderna para o hidromel: O hidromel – uma bebida fermentada composta de mel, água, fermento, com frutas, especiarias ou vegetais – é a bebida alcoólica mais antiga da história; e está passando por um renascimento urbano. Com a ajuda da equipe de Pesquisa e Inovação do Niagara College, o primeiro Session Mead do Royal Canadian Mead está agora nas prateleiras das lojas de Ontário.

“Feels Like Friday”, um Session Mead de mel de trigo sarraceno, chegou às prateleiras das lojas de bebidas em junho passado e está obtendo sucesso grande, diz Matt Gibson, presidente da Royal Canadian Mead, uma nova marca da New Skew, uma empresa de inovação em alimentos e bebidas.

Embora a New Skew possuísse amplo conhecimento comercial, eles exigiam experiência em desenvolvimento de produtos para hidromel e experiência em mel, que o Centro de Inovação do Instituto Canadense de Alimentos e Vinho (CFWI) poderia fornecer.

Ciência e Inovação

“Sabíamos pela reputação do Niagara College que eles tinham experiência e ferramentas para transformar o que estava em nossas cabeças em realidade”, diz Gibson. “Achamos que a amplitude única de conhecimento da escola sobre mel, apicultura, fabricação de cerveja e vinificação seria uma ferramenta útil para criar nosso produto final.”

Trabalhando ao lado do Royal Canadian Mead, a equipe do CFWI Innovation Center conduziu pesquisas exploratórias e análises de mercado competitivas. Eles descobriram um grupo demográfico geral de profissionais com idades entre 25 e 40 anos, que apreciam comida, jantares requintados, gostam de explorar coisas novas e estão procurando algo novo e único. Eles também encontraram um subconjunto de consumidores-alvo: compradores sem glúten e consumidores de álcool com pouco açúcar / saudáveis.

Uma abordagem moderna para o hidromel: Testes de produção para novos produtos

A equipe do Centro de Inovação do CFWI reuniu especialistas do corpo docente e funcionários dos programas de ensino de vinícola e apicultura do Niagara College para ajudar no desenvolvimento de quatro Session Meads

Gibson diz: “Nosso produto tem menos açúcar que a maioria das sidras e refrigerantes do mercado e é naturalmente sem glúten, por isso estamos vendendo algumas caixas lá.”

Projetos de Pesquisas voltados ao hidromel

Em seguida, a equipe do Centro de Inovação do CFWI reuniu especialistas do corpo docente e funcionários dos programas de ensino de vinícolas e apicultura da NC para ajudar no desenvolvimento de novas ideias para produzir quatro novos Session Meads.

Gavin Robertson, enólogo e instrutor da NC’s Teaching Winery e líder de pesquisa do projeto, diz que seu grupo colaborou com a equipe da Royal Canadian Mead para estabelecer parâmetros para o desenvolvimento da receita da primeira fase exploratória, que envolveu quase 30 produtos diferentes.

“Prosseguimos por mais duas fases de desenvolvimento ao longo de vários meses, antes de aprimorar as quatro receitas que satisfizeram nossos parceiros”, diz Robertson.

Os Session Meads oferecem um teor alcoólico menor do que os hidromel tradicionais, que geralmente são de 12 a 14%. As ofertas da Royal Canadian Mead são cerca de metade da ABV de 5,6% e também são carbonatados e refrescantes.

Uma versão mais leve

“Queríamos apresentar as pessoas à categoria de hidromel, mas queríamos conhecê-las no meio do caminho”, explica Gibson. “As pessoas já estão gostando de cervejas e sidras secas, então queríamos colocar o hidromel no mesmo quadro de referência. É leve, fresco e muito saboros.”

Além de uma série de ensaios em lotes e testes de produtos com análises químicas e sensoriais, a equipe de pesquisa conduziu um trabalho paralelo de desenvolvimento de negócios fornecido pelos especialistas em apicultura / mel da NC. Todas as receitas usavam mel e aditivos 100% produzidos em Ontário, como frutas e lúpulo.

Por fim, quatro Session Meads, todos com sabores distintos, foram produzidos com sucesso pela equipe do Centro de Inovação do CFWI: Feels Like Fridays; Awkward Dinner; All Day Croquet e Quarter Life Crisis.

Uma abordagem moderna

A equipe interna de design da empresa criou nomes e embalagens contemporâneos para suas latas para remover as imagens típicas relacionadas ao hidromel que as pessoas geralmente pensam: Vikings, “Game of Thrones”, Reis e Rainhas.

“Queríamos mostrar que, só porque é uma bebida antiga, não significa que não possa ser completamente moderna”, observa Gibson. “Os nomes e os designs das latas foram projetados para mostrar isso e também ser altamente vendável no Instagram.”

O produto Feels Like Friday da Royal Canadian Mead está sendo vendido em 85 lojas em toda a província e em varejistas de Toronto, diz Gibson. As vendas são de cerca de US $ 40 mil desde o lançamento e pretendem fazer mais de US $ 1 milhão nos próximos 12 meses.

Lançamentos e Novidades

Seu segundo produto, All Day Croquet, foi envasado no início de agosto e será lançado em bares e restaurantes, com o Royal Canadian Mead trabalhando para obter mais listagens na LCBO a partir da próxima primavera.

Gibson descreve o ano passado de inovação com a equipe de pesquisa do CFWI Innovation Center como uma “grande experiência.”

“Adoramos todo o processo de protótipo e pesquisa e aprendemos muito ao lado da equipe do Niagara College.”

Para o enólogo Robertson, essa foi a chance de explorar uma nova categoria de bebidas fermentadas.

“Embora eu tenha experimentado fermentados de mel em pequena escala no passado por diversão, essa foi uma oportunidade de abordar a produção de hidromel de uma maneira realmente sistemática, desde a colméia até a garrafa”, diz ele.

Ainda um desconhecido do grande público

“A Royal Canadian Mead era uma empresa incrível para se trabalhar, pois eles entendiam a dinâmica única de trabalhar com estudantes pesquisadores e os incentivavam a pensar de maneira ampla e criativa sobre as possíveis formulações e usavam o projeto como uma oportunidade educacional de mão dupla. Que foi eficaz para alcançar nossos objetivos no final”, acrescenta Robertson. “É muito bom ver todo o trabalho de tantas pessoas resultando em produtos comerciais bem recebidos.”

O projeto foi possível com o financiamento do programa Voucher para adoção de tecnologia (CVTA) dos Centros de Excelência de Ontário.

Embora seja uma das bebidas alcoólicas que mais cresce nos Estados Unidos, no Canadá, a indústria de hidromel é muito jovem, com apenas um punhado de hidromelarias em todo o país. A Royal Canadian Mead tem a intenção de aumentar a indústria e se tornar um líder na categoria Session Mead.

Versatilidade

O hidromel é um produto extremamente diversificado e adaptável, já que cada varietal de mel tem seu próprio sabor, cor e aroma distintos, com base no que as abelhas polinizam. Assim como a cerveja e a sidra, o sabor pode vir do mel, do tipo de levedura e de aditivos como frutas, lúpulo, especiarias e ervas.

“Pode ser leve e refrescante, pesado e doce, ainda, espumante e até envelhecido em barris”, explica ele. “Estamos focados em estilos mais leves, refrescantes e amigáveis ​​ao consumidor, para começar, mas não há como saber até onde nossa imaginação nos levará.”

Ficou curioso sobre o Session Mead? No Brasil a OldPony lançou sua linha de Session Meads compostos por 2 incríveis rótulos: Brazilian Twist (Café com Jabuticaba) e Italin Fizz (Com Uvas Moscatel). Clique aqui e acesse nossa loja on-line e peça já o seu!

Autor: Não citado

Tradutor: Alexandre Augusto Peligrini

Fonte: https://www.ncinnovation.ca/blog/research-innovation/a-modern-approach-to-mead

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *